Depois de um banco completo, um banco brasileiro

Ao som de música de Ary Barroso, nova campanha institucional do Bradesco tem o Brasil como tema

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2014 | 02h05

Com as três primeiras letras da palavra Brasil também no seu nome, o Bradesco estreia hoje uma campanha que muda o posicionamento de comunicação do banco. Depois de ressaltar sua característica como "banco completo" e presente em todo o País, o Bradesco agora reforça sua imagem de banco brasileiro e tenta se apropriar de todos os adjetivos associados à brasilidade, como alegria e receptividade do povo.

Quem encontrou o "BRA", de Brasil, no nome Bradesco foi o publicitário Washington Olivetto, presidente do conselho da agência WMcCann. A "descoberta" ocorreu em 2012 durante a concepção da campanha do Bradesco para ativar sua cota de patrocinador oficial da Olimpíada de 2016, que será realizada no Rio.

"Quando percebemos que a abreviatura do nome do país estava no uniforme dos atletas olímpicos, vimos que o 'BRA' estava na camiseta de todos os brasileiros. Um 'BRA' que é de Brasil e que também é de Bradesco", conta o publicitário Washington Olivetto.

O que era apenas para ser o mote da campanha olímpica acabou se tornando um novo posicionamento de comunicação institucional para o Bradesco. A nova campanha, que estreia hoje na TV aberta e terá ações em todos os meios, apresenta a frase "Tudo de BRA pra você" como novo slogan do banco. "O grande patrimônio do Bradesco é ter o 'BRA' de Brasil no nome. Só o Bradesco pode ter essa campanha", diz Olivetto.

O diretor de marketing do banco, Jorge Nasser, diz que a mudança do slogan faz parte da evolução da comunicação do Bradesco. "Com a propriedade olímpica, o banco assumiu o compromisso de fazer parte da história do esporte no Brasil. O Bradesco sempre foi uma marca genuinamente brasileira. Mas agora temos como postura de comunicação valorizar a cultura brasileira", disse Nasser.

Ações. A primeira fase da campanha terá quatro vídeos de 1 minuto que explicam o conceito de "BRA" por meio de cenas que mostram momentos de solidariedade e alegria do povo brasileiro. É um grupo de pessoas ajudando a empurrar uma Kombi, a paquera no barzinho, uma criança jogando bola.

As cenas foram produzidas pelo cineasta Breno Silveira, diretor do longa "Dois Filhos de Francisco", durante oito dias, em 20 cenários diferentes e com um grupo de 120 atores. Os vídeos têm como trilha sonora três versões da música "Isto aqui é que é?", do compositor de Ary Barroso. A locução foi feita pelos cantores Luiz Melodia e Maria Gadú e pelos atores Lázaro Ramos e Otaviano Costa. "Queríamos vozes com a marca de brasilidade", explica Olivetto.

Depois do lançamento da campanha na TV aberta, o conceito será adaptado para outros meios. O Bradesco pretende, por exemplo, colocar um outdoor na frente do aeroporto do Rio, com dizeres como "Rio é tudo de BRA". Nas emissoras de rádio, o banco quer patrocinar os quadros que trazem notícias boas, como a previsão do tempo em dias de sol ou as informações sobre trânsito livre. / M.G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.