Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Depois do Copom, Alencar volta a defender corte de juros

O vice-presidente da República, José Alencar, voltou a defender hoje a redução das taxas de juros. Segundo relato de empresários que participaram de reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Alencar fez uma única intervenção, no final do encontro, reiterando que gostaria de ver os juros mais baixos. Ao comentar o tema, de acordo com o relato do presidente da Vale do Rio Doce, Roger Agnelli, Alencar teria se dirigido ao presidente e afirmado: "presidente, de novo, acho que os juros têm que baixar". Lula, segundo Agnelli, não teria feito nenhum comentário. A resposta foi dada pelo ministro da Casa Civil, José Dirceu, que disse apenas "no momento oportuno".

Agencia Estado,

21 de maio de 2003 | 15h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.