finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Deputado cobra EUA sobre suspeita de bioterrorismo

O deputado Ivan Valente (PT-SP) requereu nesta terça-feira às comissões de Relações Exteriores e de Agricultura da Câmara a convocação da embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Donna Hrinak, para explicar a suspeita de que um funcionário do Serviço de Inspeção Animal e Vegetal dos EUA teria praticado "bioterrorismo" em uma lavoura de soja na Bahia. "Trata-se, ao que parece, de verdadeira violação da soberania nacional", afirma o deputado Ivan Valente.O deputado também pediu os depoimentos dos ministros da Relações Exteriores, Celso Amorim, e da Agricultura, Roberto Rodrigues, e do chefe de gabinete da Secretaria de Defesa Agropecuária, Jorge Salim Waquim. A presença suspeita do funcionário na plantação, em meados de agosto, foi denunciada por Waquim. O norte-americano foi flagrado em Barreiras utilizando um aparelho de detecção de microorganismos que causam a chamada ferrugem da soja. Esse aparelho pode também levar a contaminação a outras áreas plantadas. O funcionário não tinha autorização do Ministério da Agricultura nem estava acompanhado de técnicos brasileiros.

Agencia Estado,

03 de setembro de 2003 | 17h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.