Najara Araujo/Câmara dos Deputados - 24/6/2020
Najara Araujo/Câmara dos Deputados - 24/6/2020

Deputado em primeiro mandato, Daniel Freitas vai relatar PEC emergencial na Câmara

Senadores aprovaram nesta quinta a proposta formulada para destravar uma nova rodada do auxílio emergencial; segundo líderes, deve ser mantido o texto do Senado, para agilizar sua aprovação

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

04 de março de 2021 | 15h19

BRASÍLIA - O deputado de primeiro mandato Daniel Freitas (PSL-SC) será o relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) emergencial na Câmara, segundo apurou o Broadcast Político. Ele deve se reunir com o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), na próxima terça-feira, 9, para definir detalhes sobre a votação.

O Senado aprovou nesta quinta-feira, 4, a proposta, formulada para destravar o auxílio emergencial, em segundo turno, com 62 votos favoráveis e 14 contrários. Os senadores estipularam em R$ 44 bilhões o limite para o custo total da retomada do benefício. O governo ainda não divulgou, porém, detalhes da volta do auxílio, como os valores, a quantidade de prestações e nem quando começará o pagamento. 

Segundo líderes, a Câmara deve tentar manter o texto que vier do Senado para agilizar sua aprovação. Uma mudança significativa faria com que a PEC voltasse aos senadores. Isso atrasaria a conclusão e, consequentemente, o início do pagamento da nova rodada de auxílio emergencial.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.