Felipe Rau
Felipe Rau

Desafio Estadão Cannes abre inscrições

Prêmio, o maior em valores da publicidade brasileira, levará 12 profissionais do País para participar do festival Cannes Lions

Fernando Scheller, Impresso

19 Setembro 2017 | 05h00

O prêmio Desafio Estadão Cannes" deu o pontapé inicial em sua quarta edição ontem, com a abertura das inscrições para agências de publicidade de todo o País. Maior premiação em valores da publicidade brasileira, o Desafio Estadão garante que 12 profissionais brasileiros possam participar do Cannes Lions – Festival Internacional de Criatividade, que tem o Estadão como representante oficial no País.

O prêmio é dividido em cinco categorias: Multiplataforma (para trabalhos veiculados em pelo menos dois veículos do Estadão, como jornal, site para PC ou smartphones, rádio e eventos), Impresso, Branded Content (projetos realizados em parceria com a área de conteúdos para marcas do Estadão), Brief Desafio (em que agências são convidadas a apresentar ideias que podem vir a ser veiculadas nas plataformas do Grupo Estado) e Mídia do Ano.

Durante o lançamento da nova edição do Desafio Estadão Cannes, ontem, durante o Festival do Clube de Criação, na Cinemateca, em São Paulo, o diretor executivo comercial do Grupo Estado, Flávio Pestana, afirmou que o objetivo do Brief Desafio é sempre escolher um tema de interesse social a ser desenvolvido pelas agências.

No ano passado, o assunto foi o combate da violência contra a mulher. Em 2018, por causa das eleições, o briefing será o perigo das notícias falsas (ou fake news). “Acredito que, em momentos importantes, como um ano de eleições, marcas de notícias de credibilidade, como o Estadão, se tornam ainda mais relevantes para os leitores”, afirmou o executivo.

No caso do Brief Desafio, a dupla de criação responsável pela melhor ideia receberá passagem, hospedagem e a inscrição para o festival. No ano passado, foram quase cem ideias de campanhas inscritas somente nesta categoria, disse Pestana. “O Desafio Estadão Cannes já conseguiu se estabelecer, em poucas edições, como um dos principais prêmios da publicidade brasileira.”

Nas campanhas que precisam ter sido veiculadas em plataformas do Estadão para concorrer, caso das categorias Multiplataforma, Impresso e Branded Content, são premiados três profissionais: dois de agência – um de criação e um de mídia – e um do cliente, responsável pela aprovação da ideia. O Mídia do Ano é escolhido a partir de uma consulta online a agências de todo o Brasil, a partir da qual é elaborada uma lista de três finalistas para a escolha do vencedor.

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 4 de abril de 2018 – campanhas veiculadas ao longo dos próximos meses poderão, portanto, concorrer. A lista de jurados do prêmio está em fase de finalização e deverá ser divulgada ainda nesta semana.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.