Desconto na base de cálculo da IR deve sair logo

O governo deve editar nos próximos dias a medida provisória que vai estabelecer um desconto de R$ 100 na base de cálculo do Imposto de Renda da Pessoas Físicas (IRPF) entre agosto e dezembro, incluindo o décimo-terceiro salário. A medida permitirá um alívio de R$ 600 milhões no bolso dos contribuintes nesse período. Uma minuta da MP foi apresentada hoje pelo secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, ao deputado Carlito Merss (PT-SC), interlocutor da Câmara nas negociações com o governo sobre as mudanças no IR.O redutor R$ 100 foi negociado, no início de junho, pelo ministro da Fazenda, Antonio Palocci, e dirigentes sindicais, que vinham pressionando o governo para que a tabela do imposto fosse reajustada. Depois de se reunir com Rachid, Merss disse que as negociações para a mudança no Imposto de Renda da Pessoa Física em 2005 só serão iniciadas depois das eleições municipais.Apesar do pouco tempo que sobrará para negociar a proposta até dezembro (menos de três meses), o deputado acredita que será possível chegar a um acordo para que as mudanças entrem em vigor no próximo ano. ?Dá tempo para discutir a proposta. As conversas sobre mudanças no IR existem desde 1996?, disse ele, que está reunindo os 1.308 projetos que tratam do assunto em tramitação na Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.