Descontos de até 70% no Liquida SP

Corredores e lojas de shoppings cheios. É essa a expectativa dos comerciantes entre 26 de janeiro e 10 de fevereiro, quando acontece o 10º Liquida São Paulo - uma megapromoção com descontos entre 10% e 70% para acabar com os estoques de verão. Roupas, calçados, móveis, artigos de decoração, presentes e até cortes de cabelo devem ter seus preços reduzidos. A Associação dos Lojistas de Shopping (Alshop) - organizadora do Liquida São Paulo - espera que as vendas aumentem em 5% em relação ao mesmo período do ano passado. Alguns shoppings estão mais otimistas. O Shopping Metrô Tatuapé espera vender 10% a mais do que no mesmo período de 2001. "Nossa expectativa para o Liquida São Paulo é sempre a melhor possível. O objetivo é acabar com o estoque de verão, que acabou ficando encalhado nas lojas", afirma o gerente de marketing Cláudio Voso.A expectativa do Central Plaza Shopping é vender 20% a mais do que no Liquida de verão 2001. Quanto ao fluxo de pessoas, espera-se que aumente em 15% em relação ao mesmo período do ano passado. "Estamos animados com essa promoção, pois as vendas durante esse evento só perdem para as de Natal."O presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, afirmou que nesta edição do Liquida São Paulo vão participar 95% dos shoppings da capital e Grande São Paulo. "A cada edição, o número de empreendimentos que participa é maior. Isso faz com que aumente o número de vendas."O gerente de operações da loja de roupas masculinas Yachtsman, Carlos Andrade, aponta que o único problema é que os vários shoppings de São Paulo entram em liquidação em datas diferentes. "Isso acaba nos forçando a antecipar o Liquida São Paulo. Mesmo assim, no período do Liquida nosso movimento costuma crescer 10%, e as promoções são muito fortes. Fazemos com que a vinda do cliente ao shopping compense".A gerente da Ópera Rock, Ana Paula Oliver, diz que a loja entra no Liquida São Paulo todos os anos. "Esta é uma época de baixo movimento e as promoções costumam nos ajudar a desencalhar os estoques". Para esta edição, Ana Paula, espera um aumento de 50% nas vendas. A loja estará com descontos de até 40% em todo o estoque. "Neste ano, esperamos que o público venha ainda em maior número para o shopping, principalmente nos finais de semana".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.