R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Desde começo da crise, emprego na indústria do País caiu 3,9%

Índice recuou 1,5% em janeiro, a quarta queda seguida; na comparação com 2008, o recuo é de 2,5%, diz IBGE

Da redação,

12 de março de 2009 | 09h01

O índice de emprego na indústria recuou pelo quarto mês consecutivo em janeiro, informou nesta quinta-feira, 12, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No primeiro mês do ano, a queda foi de 1,5% em relação a dezembro de 2008. Desde setembro, quando a crise mundial se agravou com a quebra do banco Lehman Brothers, o emprego na indústria já caiu 3,9%. Veja também: Entenda como funcionam os índices que medem o desempregoBC faz o maior corte de juro em 5 anos:1,5 pontoProdução industrial em SP deve subir 5% em fevereiroDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  Na comparação com janeiro do ano passado, o número de pessoas empregadas no setor industrial caiu 2,5%. É o menor resultado da série histórica medida pelo IBGE. As demissões aumentaram em 13 dos 14 locais pesquisados e em 12 dos 18 ramos de atividade industrial.  Queda por setores Em termos setoriais, no total do país, os principais impactos negativos na média global foram vestuário (-8,2%), calçados e artigos de couro (-10,3%) e madeira (-13,3%).  Setores de meios de transporte, máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações e máquinas e equipamentos, que vinham com clara redução no ritmo de expansão no final do ano passado, em janeiro apresentaram taxas negativas: -1,9%, -0,3% e -0,7%, respectivamente. Entre os setores que o emprego está aumentando, destacam-se minerais não-metálicos (3,2%), refino de petróleo e produção de álcool (10,5%) e papel e gráfica (1,9%) exerceram as pressões positivas mais importantes. Queda por local A redução no emprego em São Paulo (-2,1%), região Norte e Centro-Oeste (-4,5%), Paraná (-4,5%) e Santa Catarina (-3,5%) exerceram as pressões mais significativas no total do país.

Tudo o que sabemos sobre:
DesempregoIBGEcrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.