Desempenho do setor de máquinas desacelera em abril

O setor de máquinas e equipamentos registrou alta em todos os seus indicadores referentes ao acumulado do ano até abril, segundo dados da Abimaq - Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos -, mas abaixo do que foi verificado no primeiro trimestre do ano. A pesquisa mensal da entidade mostra aumento de 32,5% no faturamento nominal do período janeiro a abril de 2005 ante os mesmos meses do ano passado.Na mesma base de comparação, os pedidos em carteira subiram 7,2%, e o nível de utilização da capacidade instalada cresceu de 79,58% para 81,73%.Apesar do câmbio valorizado, as exportações continuaram em alta forte nos primeiros quatro meses de 2005, com 42,6% de aumento sobre o mesmo período de 2004. Na ponta das importações também houve crescimento, de 26,3%. O nível de emprego cresceu 8,4%.Entre os segmentos que compõem o setor, o de máquinas e implementos agrícolas registrou disparado o pior desempenho nos quatro primeiros meses do ano. O faturamento começou a cair em janeiro, chegando no acumulado de abril com recuo de 21,1%. O nível de emprego chegou no fim do quadrimestre com queda de 4,6% sobre o mesmo período do ano passado neste segmento.Dia das MãesAs vendas industriais de produtos elétricos e eletrônicos, puxadas por utilidades domésticas e celulares, cresceram 8% em abril sobre março, de acordo com projeções da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros). O Dia das Mães foi o grande responsável pelo aumento das vendas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.