Desemprego cai para 4% em setembro no Japão

No entanto, número de pessoas sem emprego subiu para 2,71 milhões, 20 mil a mais que no mesmo mês de 2007

Efe,

31 de outubro de 2008 | 01h54

A taxa de desemprego caiu dois décimos em setembro no Japão, para 4%, informou nesta sexta-feira, 31, o governo japonês. No entanto, o número de pessoas sem emprego subiu para 2,71 milhões, 20 mil a mais que no mesmo mês do ano anterior, segundo o Ministério do Interior e Comunicações. Uma pesquisa realizada pela agência japonesa Kyodo assinalava que a taxa de desemprego se situaria em agosto em 4,2%. Outro relatório governamental assinalou que a proporção de ofertas de trabalho no Japão a respeito das pessoas que buscavam emprego em agosto ficou em 0,84%, abaixo dos 0,86% registrados em agosto. Isso significa que havia 84 ofertas para cada 100 pessoas que buscavam por trabalho. Segundo o Governo japonês, o número de ofertas de trabalho em setembro caiu 2,5% com relação ao mês anterior, enquanto o número de pessoas que buscaram emprego subiu 0,6%. O número de ofertas novas de trabalho caiu 13,4% em agosto, com relação ao mesmo mês do ano anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãodesemprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.