Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Desemprego do Japão manteve-se estável em 5,4% em abril

A taxa de desemprego no Japão ficou em 5,4%, em abril, inalterada em relação ao mês anterior, de acordo com dados divulgados pelo governo. O nível de desemprego permanece perto do nível recorde de 5,5%, evidenciando que as condições do mercado de trabalho japonês seguem deterioradas diante da dificuldade da economia de mostrar sinais evidentes de recuperação. As companhias devem, provavelmente, continuar reduzindo seus quadros e adiando novas contratações em resposta às condições árduas para a expansão de seus negócios, com o fortalecimento do iene ante o dólar e a esquálida demanda vinda dos EUA e de países afetados pela Síndrome Respiratória Severa Aguda (SARS, na sigla em inglês) criando obstáculos para a ampliação da produção e das exportações. A pressão por parte de bancos para recuperar empréstimos difíceis concedidos a empresas locais também contribui para pressionar o mercado de trabalho.

Agencia Estado,

30 de maio de 2003 | 08h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.