Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Desemprego em São Paulo fica quase estável em julho

Índice medido pelo Seade/Dieese fica em 15% no mês, o que representa 1,527 milhão de pessoas sem trabalho

PAULA PULITI, Agencia Estado

29 de agosto de 2007 | 10h18

A taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo, medida pela Pesquisa de Emprego e Desemprego do Seade/Dieese, ficou praticamente estável no mês de julho, em 15%. No mesmo mês do ano passado, a taxa estava em 16,7%. O contingente de desempregados em julho era de 1,527 milhão de pessoas.  A pesquisa mostrou ainda que os rendimentos médios reais de ocupados na região caíram 2,7% no mês passado em relação a maio. Já no grupo de assalariados, a queda foi de 3,1%. De acordo com os dados, em seis regiões metropolitanas (Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Paulo e Distrito Federal) a taxa de desemprego caiu para 15,7% em julho ante 15,9% em junho. Nessas regiões, a massa de rendimentos reais dos ocupados cresceu 0,9% em junho ante maio.

Tudo o que sabemos sobre:
DesempregoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.