Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Desemprego está nos entornos das grandes cidades, diz Furlan

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, afirmou há pouco que a percepção do governo é que os problemas mais graves em relação ao desemprego ocorrem nos entornos das grandes cidades. Comentando o dado divulgado hoje pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-econômicos (Dieese), que apontou um índice de desemprego de 20,6% da PEA em março na região metropolitana de São Paulo, o ministro lembrou que o governo está atento ao fato e algumas medidas já foram tomadas."Tenho andado muito pelo interior do País e visto que nas pequenas cidades até a oferta de empregos é muito mais normal", afirmou o ministro. "Algumas das medidas que o governo já tomou visam aumentar os investimentos nas áreas de saneamento e habitação, que é um grande empregador nos grandes centros do País", completou. O ministro referia-se ao conjunto de ações anunciado pelo governo no ano passado que objetiva reaquecer o setor da construção civil e que está em tramitação no Congresso Nacional.

Agencia Estado,

22 de abril de 2004 | 17h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.