Desemprego medido pelo IBGE cai para 11,2%

A taxa de desemprego caiu para 11,2% em julho nas seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE ante 11,7% em junho. Essa foi a terceira queda consecutiva na taxa de desemprego que apresentou a menor variação desde dezembro do ano passado (10,9%).O número de pessoas ocupadas cresceu 0,9% em julho ante junho, totalizando um aumento de 179 mil pessoas no mercado de trabalho nas seis regiões pesquisadas. Na comparação com julho do ano passado, houve aumento de 4,3% no número de ocupados, totalizando 19 milhões de pessoas. O número de desocupados (sem emprego e procurando trabalho) caiu 4,1% ante junho na terceira queda seguida nessa base de comparação. Houve queda também, de 10,1%, nos desocupados na comparação com julho do ano anterior. Em julho, o número de desocupados somava 2,4 milhões nas seis regiões. RendaO rendimento médio real dos trabalhadores apresentou em julho alta de 2% ante julho de 2003, o primeiro crescimento nessa base de comparação desde março de 2003. Na comparação com junho deste ano, o rendimento cresceu 0,6% e atingiu R$ 901,20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.