Desemprego na Alemanha cresce acima do esperado

O desemprego na Alemanha cresceu para o nível mais elevado em quase três anos, sinalizando a vulnerabilidade da maior economia européia. O Deutsche Bundesbank, o Banco Central do país, informou que o número de desempregados cresceu em 39 mil, em bases ajustadas, para um total de 4,09 milhões em junho. O dado superou as estimativas dos analistas, que trabalhavam com a projeção de aumento de 30 mil.Além dos números de junho, o escritório revisou em alta o dado de maio, apontando que houve aumento de 65 mil desempregados naquele mês, ante previsão anterior que indicou crescimento de 60 mil. A taxa de desemprego, sem ajustes, permaneceu estável em 9,5% em junho. Ajustada sazonalmente, a taxa de desemprego cresceu para 9,8%, de 9,7% em maio. Seguindo os padrões estatísticos da União Européia, a taxa de desemprego ficou em 8,3% em junho, de 8,2% em maio.

Agencia Estado,

09 de julho de 2002 | 10h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.