Desemprego na Argentina cai de 7,3% para 7,2%

A taxa de desemprego da Argentina recuou de 7,3% no segundo trimestre para 7,2% no terceiro trimestre, anunciou hoje a presidente Cristina Kirchner. A taxa de desemprego agora está mais baixa do que no quarto trimestre de 2008, antes da crise financeira internacional. O desemprego cresceu para 9,1% durante o terceiro trimestre de 2009, mas tem caído desde então. Cristina divulgou os números durante um discurso para fechar sua campanha pela reeleição - a votação ocorre no domingo. As informações são da Dow Jones.

PAULA MOURA, Agencia Estado

19 de outubro de 2011 | 21h53

Tudo o que sabemos sobre:
Argentinadesemprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.