Desemprego na grande SP cai para 18,5% em julho

O índice de desemprego na Grande São Paulo caiu de 19,1%, em junho, para 18,5%, em julho, do total da População Economicamente Ativa (PEA), segundo levantamento divulgado hoje pela Fundação Seade, em parceria com o Dieese.Em julho do ano passado, o índice estava em 19,7%. Os atuais 18,5% representam a menor taxa apurada pelas instituições durante o governo Luiz Inácio Lula da Silva.A pesquisa estima que o contingente de desempregados nos 39 municípios que compõem a região gira em torno de 1,84 milhão de pessoas.O levantamento identificou uma redução do número de desempregados da ordem de 66 mil pessoas, resultante do saldo de 32 mil empregos criados e a saída de outras 34 mil pessoas do mercado de trabalho.O setor de Serviços criou 73 mil ocupações, enquanto a Indústria manteve relativa estabilidade e o Comércio eliminou 35 mil cargos. Em Outros Setores, concentrados em Construção Civil e Serviços Domésticos, 5 mil ocupações foram eliminadas.RendaPelo segundo mês consecutivo, houve crescimento do rendimento médio real dos trabalhadores. Nos salários recebidos em junho, a pesquisa identificou crescimento de 0,6%, elevando o patamar para R$ 1.056. O rendimento médio dos ocupados cresceu 1,4% e passou para R$ 999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.