Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Desemprego na Grande SP é o menor desde julho de 2001

O índice de desemprego dos 39 municípios que compõem a região metropolitana de São Paulo caiu para 17,4% da População Economicamente Ativa (PEA) em novembro, ante uma taxa de 17,6% em outubro, e de 19,9% em novembro do ano passado. O dado foi divulgado hoje pela Fundação Seade em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos (Dieese), ao estimar o contingente de desempregados na região em 1,74 milhão de pessoas. O índice de novembro representa a sétima queda consecutiva do desemprego na Grande São Paulo e é o menor patamar desde julho de 2001, segundo as instituições.Em novembro, o mercado de trabalho teve uma geração de 17 mil postos, que somados à saída de 4 mil pessoas da força de trabalho representaram a redução de 21 mil pessoas no contingente de desempregados. O setor de serviços criou 34 mil vagas, enquanto o comércio fez 19 mil contratações, o que compensou a redução de 31 mil postos em outros setores (construção e serviços domésticos) e uma "relativa estabilidade" na indústria, com eliminação de 5 mil postos.Os rendimentos médios dos trabalhadores apresentaram alta em outubro, segundo a pesquisa. Entre os assalariados, o valor médio recebido foi de R$ 1.096,00, alta de 3% em comparação a setembro, enquanto os ocupados receberam o equivalente a R$ 1.020,00, alta de 2,4% sobre setembro.

Agencia Estado,

22 de dezembro de 2004 | 11h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.