coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Desemprego no ABC cai a 20% em abril

A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) realizada pela Fundação Seade em parceria com o Dieese e patrocinada pelo Consórcio Intermunicipal das Bacias do Alto Tamanduateí e Billings, revela que a taxa de desemprego nos sete municípios que compõem o ABC paulista caiu em abril para 20% da População Economicamente Ativa (PEA) ante um índice de 20,4% em março. Segundo o levantamento, o contingente de desempregados na região é de 252 mil pessoas. Em abril do ano passado, o índice havia registrado 18,2% de desempregados, o que significava um total de desempregados de 223 mil.A pesquisa indica ainda que houve crescimento da ocupação no ABC em 1,4%, em virtude de contratações no comércio (5,6%), serviços (3,9%), embora tenha ocorrido demissões na indústria (-4%) e outros setores (-2%). Em termos de rendimentos médios, os valores recebidos por assalariados e ocupados apresentaram elevação pelo terceiro mês consecutivo em março. O rendimento médio dos ocupados subiu 4,3%, equivalendo a R$ 859, e o dos assalariados teve alta de 6,2%, correspondendo à média de R$ 943.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.