coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Desemprego no ABC se mantém em 20% em maio

A taxa de desemprego na região do ABC paulista permaneceu inalterada em 20% da PEA (População Economicamente Ativa) no mês de maio, segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego da Fundação SEADE, Dieese e Consórcio Intermunicipal das Bacias do Alto Tamanduateí e Billings. O contingente de desempregados foi estimado em 253 mil pessoas no mês.O nível de ocupação praticamente não variou (0,2%) neste mês, em virtude do desempenho positivo da Indústria, que contrabalançou os decréscimos dos demais setores de atividade. Destaca-se o crescimento do número de assalariados com carteira assinada do setor privado (2,7%).Em abril, o rendimento médio dos ocupados e o dos assalariados decresceram 1,5% e 2,2%, respectivamente, e equivalem a R$ 852 e R$ 929.

Agencia Estado,

27 de junho de 2002 | 12h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.