Desemprego nos Estados Unidos é o maior em cinco meses

A economia americana criou apenas 113 mil postos de trabalho em julho, o que deixou a taxa de desemprego em 4,8% - o nível mais alto dos últimos cinco meses. O indicador, divulgado nesta sexta-feira pelo Departamento de Trabalho, está alinhado com outros dados publicados nas últimas semanas que indicam uma desaceleração econômica e uma alta inflacionária.Essa combinação de fatores representa um difícil dilema para o Federal Reserve (Fed, banco central americano), que se reúne na semana que vem para decidir se aumenta ou não as taxas de juros de referência.O número de novos postos de trabalho ficou abaixo dos 124 mil de junho e representa o nível mais baixo desde maio, quando a economia criou 100 mil empregos.A maioria dos economistas tinha previsto aumento de 145 mil postos de trabalho, e que a taxa de desemprego ficaria em 4,6%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.