carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Desemprego nos EUA atinge 8,9% e bate recorde de 1983

Alta já era esperada por analistas; corte de 539 mil vagas é o menor dos últimos seis meses

Estadao.com.br,

08 de maio de 2009 | 11h21

A taxa de desemprego norte-americana atingiu 8,9% em abril, a mais elevada desde setembro de 1983, informou o Departamento do Trabalho do país nesta sexta, 8. Foram eliminadas 539 mil vagas, o menor corte dos últimos seis meses. A alta da taxa, que em março foi de 8,5%, já era esperada por analistas.

 

Veja também:

Economia dos EUA elimina 539 mil empregos em abril

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise 

 

O governo dos Estados Unidos contabiliza os trabalhadores que procuraram emprego nas quatro semanas anteriores à pesquisa. Se forem considerados os trabalhadores de meio período involuntários e os que procuraram emprego nos últimos 12 meses, a taxa de desemprego sobre para 15,8%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.