Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Desemprego segue em 7,1% em abril na Alemanha

A taxa de desemprego ajustada da Alemanha permaneceu em 7,1% em abril, o mesmo nível registrado em março, que foi o mais baixo desde que os registros começaram a ser feitos, em 1999. Os números foram divulgados hoje pelo Escritório de Trabalho Federal. O número de desempregados, com ajustes sazonais, diminuiu 37 mil em abril, depois de ter caído 55 mil em março.

DANIELLE CHAVES E CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

28 de abril de 2011 | 12h17

No entanto, a taxa de desemprego ajustada não atendeu às expectativas dos economistas, que previam queda para 7,0%. Em termos não ajustados, o desemprego total caiu 132 mil em abril, para 3,078 milhões, o menor nível para um mês de abril desde 1992.

França

Os gastos do consumidor da França caíram 0,7% em março, na comparação com fevereiro, informou hoje a agência nacional de estatísticas, a Insee. Economistas esperavam que o dado ficasse estável. As famílias da segunda maior economia da zona do euro - que reúne os 17 países que utilizam o euro como moeda - gastaram menos em segmentos importantes como vestuário e bens duráveis. Os gastos com bens duráveis diminuíram 1% em março ante fevereiro e as vendas de veículos recuaram 1,6%. Já as vendas de móveis caíram 0,6%, enquanto os gastos com têxteis e couro tiveram queda de 2,2%.

Os gastos do consumidor são um importante motor da economia francesa. Embora em todo o primeiro trimestre esse dado tenha aumentado 1,2%, o resultado de março pode marcar um ponto de virada. Economistas estão alertas para como os consumidores vão se comportar nos próximos meses.

Zona do euro

O índice da atividade do varejo (gerente de compras) da zona do euro desacelerou para 52,2 em abril, ante 53,5 em março, mas continuou acima da série média de longo prazo, de 49,1, segundo dados divulgados hoje pela empresa de pesquisas Markit. A leitura acima do nível neutro de 50 indica crescimento da atividade em relação ao mês anterior. Uma leitura abaixo desse patamar sinaliza contração. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.