carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Desemprego só cai com crescimento, diz ministro

O ministro do Trabalho, Jacques Wagner, disse nesta quinta-feira, na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, que o aumento na taxa de desemprego em São Paulo é ?preocupante? e garantiu que o governo está trabalhando para apresentar alternativas. Segundo o ministro, para suprir a demanda de novos postos de trabalho será necessária a retomada do crescimento econômico. ?Espero o retorno do crescimento econômico. Enquanto a economia não crescer, nós pretendemos lançar o Primeiro Emprego, que eu acho que é uma das respostas?, afirmou.Segundo a pesquisa da Fundação Seade e do Dieese divulgada na quarta-feira, o desemprego cresceu de 19,7% da População Economicamente Ativa para 20,6% na Grande São Paulo. Segundo ele, o lançamento do Primeiro Emprego em junho será um instrumento para combater o desemprego entre jovens. ?Mas não passa na cabeça do ministro que o Primeiro Emprego será a solução do desemprego entre jovens?, disse Jacques Wagner aos senadores. Ele informou que ainda não tem o volume de dinheiro que será usado no programa.O ministro disse também que a queda na taxa de juros seria um forte instrumento para a retomada do crescimento da economia e, por conseqüência, e para a criação de mais empregos no País. ?Nós não podemos tirar a economia da UTI e levá-la para o quarto com risco de retorno para a UTI?, disse sobre a baixa na taxa Selic.

Agencia Estado,

29 de maio de 2003 | 20h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.