finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Desemprego sobe para 10,4% em janeiro, aponta Dieese

Total de desempregados no País somou 2,29 milhões de pessoas, 57 mil a mais do que em dezembro

Agência Estado,

23 de fevereiro de 2011 | 11h17

As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego - PED mostram que, em janeiro, o total de desempregados no conjunto das sete regiões onde a pesquisa é realizada foi estimado em 2,29 milhões de pessoas, 57 mil a mais do que no mês de dezembro.

De acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira, 23, pela Fundação Seade/Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), a taxa de desemprego em janeiro deste ano passou de 10,1% (dezembro) para 10,4% (em janeiro).

São Paulo

A taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo subiu de 10,1% em dezembro para 10,5% em janeiro, o que foi avaliado como um comportamento incomum para o período do ano pelos economistas da Fundação Dieese e Seade.

Segundo os técnicos, isso foi um reflexo da elevação do desemprego aberto de 7,4% para 8,0%, enquanto o desemprego oculto baixou de 2,7% para 2,5%.

Rendimento cai

O rendimento médio real dos ocupados em dezembro ante novembro na região metropolitana de São Paulo caiu 0,5% para os ocupados, que atingiu R$ 1.528,00, enquanto baixou 0,9% no mesmo período para os assalariados, e chegou a R$ 1.526,00. Foi o segundo mês seguido de queda que tais remunerações diminuíram, apontam os técnicos responsáveis pela Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), realizada pela Fundação Seade e Dieese.

De acordo com a PED, na região metropolitana de São Paulo a massa de rendimentos de ocupados continua em expansão na comparação de 12 meses, pois subiu 0,5% entre os ocupados e aumentou 0,4% para os assalariados. Segundo os técnicos responsáveis pela pesquisa, esses dois aumentos foram motivados pelo incremento do nível de ocupação naquele período, o que mais que compensou a retração do rendimento médio.

A PED apontou que o total de desempregados da região metropolitana de São Paulo em janeiro foi projetado em 1,124 milhão de pessoas. Esse total superou o número de 988 mil de cidadãos sem ocupação registrado em dezembro. A taxa de participação reduziu de 63,6% para 63,1% no período.

Tudo o que sabemos sobre:
desempregodieesejaneiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.