Desfile com 'anjos' é multado

Hypermarcas, a Globo Comunicação e Participações e a agência de modelos Mega Models foram condenadas pelo TJ-RJ a pagar indenização de R$ 100 mil em ação movida da Victoria's Secret

Fernando Scheller, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2013 | 02h05

A Hypermarcas, a Globo Comunicação e Participações e a agência de modelos Mega Models foram condenadas pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) a pagar indenização de R$ 100 mil em ação movida pela marca americana de lingerie e cosméticos Victoria's Secret relativa ao evento Monange Dream Fashion Tour.

 

O evento, que trazia modelos desfilando em roupas íntimas ao som de bandas famosas, seria plágio de um desfile anual promovido pela Victoria's Secret nos Estados Unidos.

O processo, aberto há dois anos, já passou por três decisões. A sentença de primeira instância deu vitória à marca americana. As realizadoras do evento recorreram e tiveram seus argumentos acolhidos pelo TJ. No entanto, como a decisão não foi unânime, a Victoria's Secret entrou com um recurso chamado embargo infringente para que o tribunal voltasse a discutir o caso. Ao reconsiderar, os desembargadores decidiram acatar os argumentos da reclamante.

Em comunicado, as responsáveis pelo evento afirmam que a decisão do tribunal não é definitiva. "O processo está em andamento e cabe recurso", dizem as três empresas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.