Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Desigualdade caiu mais em 2006

A queda da desigualdade medida pelo Índice de Gini em 2006 foi maior do que a ocorrida em 2005, quando se analisa a renda média familiar per capita do País como um todo. Enquanto a queda do Gini de 2005 para 2006 foi de 1,1%, de 0,572 para 0,565, a de 2004 para 2005 foi de apenas 0,5%, de 0,575 para 0,572. O Índice de Gini, que varia de zero a 1, aponta piores distribuições à medida que cresce.O Gini da renda familiar per capita, uma medida muito usada pelos pesquisadores de pobreza, vem caindo gradativamente desde um pico de 0,60 mantido por muitos anos, de 1993 a 1999.A queda já foi de 5,28%. André Urani, do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets), do Rio, considera que essa é uma melhora significativa e ainda não parou. ''''Em 2006, a queda da desigualdade prosseguiu junto com a aceleração econômica, o que é um ótimo sinal'''', diz.

O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2020 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.