Desigualdade cresce no país, alerta OCDE

O Estado de S.Paulo

27 de junho de 2012 | 03h08

A recuperação econômica dos EUA pode estar ganhando força, mas o país enfrenta estagnação de salários, altos níveis de pobreza e desigualdade de renda e um sistema educacional que dá poucos recursos para aqueles que mais precisam de ajuda, disse, em um novo relatório, a OCDE. "Tomados juntos, os riscos de queda para a economia no curto prazo sugerem que os formuladores de política deveriam continuar a apoiar a recuperação e estarem preparados para agir se mais resultados negativos se materializarem."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.