coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Despesa operacional faz lucro da Olivetti recuar 50,67%

A Olivetti do Brasil obteve lucro líquido de R$ 2,735 milhões durante o exercício de 2001, equivalente a recuo de 50,67% em relação ao resultado obtido no ano anterior. Em 2000, a subsidiária brasileira lucrou R$ 5,544 milhões. A queda no resultado foi provocada pelo aumento nas despesas operacionais da companhia, que em 2001 chegaram a R$ 6,77 milhões. No ano anterior, as mesmas despesas somaram R$ 1,729 milhão. O lucro operacional da Olivetti caiu de R$ 4,312 milhões em 2000 para R$ 389 mil em 2001.A receita bruta e o resultado bruto da empresa registraram crescimento em 2001. A Olivetti do Brasil faturou R$ 34,643 milhões, ante os R$ 31,038 milhões registrados em 2000. Já o resultado bruto registrou aumento de 18,5%, subindo de R$ 6,041 milhões para R$ 7,159 milhões.No consolidado, o resultado da Olivetti do Brasil representou 49,5% da receita bruta do grupo no País, que em 2001 somou R$ 70,053 milhões. A controlada Olivetti da Amazônia Indústria e Comércio Ltda. obteve receita bruta de R$ 27,846 milhões e a Olivetti Sistemas e Serviços Ltda., de R$ 7,520 milhões. A Olivetti do Brasil iniciou suas operações em 1952, voltada à fabricação de máquinas de escrever. Atualmente, a companhia produz e comercializa produtos para o tratamento de documentos, calculadoras, impressoras matriciais, PDAs, PCs e servidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.