Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Despesas com seguro-desemprego crescem 15,6% em 2008

No período, saldo do Fundo de Amparo ao Trabalho, que financia pagamento dos benefícios, cresceu 28,1%

Isabel Sobral, da Agência Estado,

22 de janeiro de 2009 | 14h57

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, informou nesta quinta-feira, 22, que as despesas com o seguro-desemprego em 2008 cresceram 15,6%, atingindo R$ 14,718 bilhões em relação a essa despesa em 2007. O Fundo de Amparo ao Trabalho (FAT) é a fonte de recursos que financia o pagamento do seguro-desemprego.  Veja também:Desemprego, a terceira fase da crise financeira global De olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  O saldo do FAT em 2008 ficou positivo em R$ 13,589 bilhões, significando um aumento de 28,1% em relação ao saldo registrado em 2007, impulsionado pelo crescimento das receitas do FAT (que vêm da arrecadação do PIS/Pasep) de 20,4%, totalizando R$ 35 bilhões em relação ao ano anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraEmpregoCarlos Lupi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.