Rafael Neddermeyeri/Fotos públicas
Rafael Neddermeyeri/Fotos públicas

Despesas de brasileiros no exterior somam US$ 1,4 bi em fevereiro

De acordo com dados do Banco Central, brasileiros gastaram 3,15% a mais do que no mesmo mês do ano passado; gasto de estrangeiros em passeio pelo Brasil ficou em US$ 611 milhões

Fernando Nakagawa e Lorenna Rodrigues, O Estado de S.Paulo

23 Março 2018 | 11h56

BRASÍLIA - O desempenho da conta de viagens internacionais foi determinado por despesas de brasileiros no exterior, que somaram US$ 1,405 bilhão em fevereiro, em alta de 3,15% na comparação com igual período do ano passado. É o maior valor registrado para este mês desde 2015. O resultado reflete o movimento de recuperação da economia e da renda das famílias brasileiras.

Já o gasto dos estrangeiros em passeio pelo Brasil ficou em US$ 611 milhões no mês passado, valor 14% maior que o observado em igual mês do ano passado.

+Os investimentos continuam a crescer

A conta de viagens internacionais terminou o mês de fevereiro com déficit de US$ 794 milhões em fevereiro. Dados do Banco Central indicam que a diferença entre o que os brasileiros gastaram lá fora e o que os estrangeiros desembolsaram no Brasil foi menor que a registrada em igual mês de 2017, quando o somou US$ 827 milhões.

Os Investimentos Diretos no País (IDP) somaram US$ 4,743 bilhões em fevereiro, informou hoje o Banco Central. O resultado ficou dentro das estimativas apuradas pelo Projeções Broadcast, que iam de US$ 3 bilhões a US$ 6,4 bilhões, com mediana de US$ 4,5 bilhões. O BC esperava entrada de US$ 4,2 bilhões. No acumulado dos 12 meses até fevereiro deste ano, o ingresso de IDP alcançou US$ 64,819 bilhões, o que representa 3,14% do Produto Interno Bruto (PIB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.