Despesas de condomínio sobem 1,25% em agosto

O Índice Periódico de Variação dos Custos Condominiais (Ipevecon) da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC), registrou um aumento de 1,22% das despesas com condomínio em São Paulo. A pesquisa também registrou que o índice continua abaixo do Índice Geral de Preços ao Consumidor (IGP-M), que foi de 2,32% no período. De acordo com a AABIC, as despesas condominiais estão acumulando alta de 6,55% nos últimos doze meses, contra 11,01% da inflação. Segundo o presidente da AABIC, advogado José Roberto Graiche, "A previsão de oscilação do índice foi feita principalmente em função do reajuste de 14,24% das tarifas de fornecimento de energia elétrica, em julho. Parte desse percentual já influenciou o Ipevecon, que registrou 7,05% de elevação no item luz", avisa.O levantamento da AABIC demonstrou que as despesas eventuais, representadas por pequenos reparos, materiais e outras despesas dos condomínios, mantiveram a tendência de alta do mês de julho, com variação de 15,67% em agosto. O presidente da AABIC adiantou que "em setembro, o Ipevecon deverá assimilar o restante do aumento da tarifa de energia, além do reajuste da tarifa de fornecimento de água da Sabesp, cujo aumento de 8,22% passou a vigorar em agosto".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.