'Detalhes na hora da primeira impressão são muito importantes'

Especialistas ressaltam necessidade de cultivo do perfil profissional. Ação proativa do candidato também pode ajudar

O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2012 | 03h10

Mesmo com tantas facilidades, os candidatos devem saber aproveitar as oportunidades. De acordo com o diretor de novos projetos da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), Cezar Tegon, é muito importante, por exemplo, que os usuários também tenham noções de marketing pessoal.

"Muitas vezes a pessoa envia o currículo, mas não se vê como um produto. E essa é a forma com que ela se apresenta para o mercado. Quem compra um produto amassado ou estragado?", exemplifica o especialista.

Tegon conta que muitos usuários negligenciam a revisão dos currículos, preenchem com descaso seus perfis e, pior, não se candidatam para as oportunidades. "Se o usuário não demonstrar interesse, vai ser a última opção do selecionador."

Mesmo fazendo estágio, o estudante de engenharia Edvaldo Barboza de Souza Júnior, de 21 anos, não abandona seu currículo virtual. "Sempre procuro atualizá-lo, principalmente quando não recebo muitas vagas", diz o rapaz, que também não deixa de selecionar anúncios no jornal.

A estudante de administração Juliana Bruno, de 22 anos, aderiu à busca virtual por considerá-la essencial: "Hoje, não dá para bater na porta da empresa", diz a jovem, à procura de uma oportunidade de estágio nas áreas de marketing e comercial. Juliana vê com otimismo o uso de aplicativos como o BeKnwon em uma rede social. "Todo mundo usa Facebook hoje", justifica.

O CEO do Instituto Passadori de educação corporativa, Reinaldo Passadori, elege cinco qualidades de um bom perfil - claro, correto, conciso, consciente e consistente. E acrescenta: "Detalhes na hora da primeira impressão são importantes. Qualquer deslize pode ser um fator de eliminação".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.