Detran divulga lista de carteiras cassadas

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) divulgou hoje os nomes de 126 mil motoristas que podem perder a carteira de habilitação por ter ultrapassado o limite de 20 pontos no prontuário no período de 12 meses, computados entre a primeira e a última infração, mesmo que tenham sido praticados em 1998, 1999 ou 2000. Do total, 68 mil são motoristas habilitados na capital. Esse é o maior número de carteiras de motorista cassadas pelo órgão, desde que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) entrou em vigor. A lista estará disponível no site do Detran (veja link abaixo). "Esse é um número que foge à normalidade", admite o próprio diretor do Departamento de Habilitação do Detran, Antônio Carlos Bueno Torres. Segundo o diretor do Departamento de Habilitação do Detran, Antônio Carlos Bueno Torres, o número em questão foge ao padrão normal de ocorrências e deve-se ao fato de que a Companhia de Processamento de Dados do Município (Prodam) demorou para enviar as multas processadas na capital. "Eles nos entregaram autuações com mais de dois anos." No dia 5 de outubro, a Prodam enviou de uma só vez mais de 2 milhões de multas referentes a 1998, 1999 e 2000. De acordo com o Detran, apenas 63 mil condutores haviam sido notificados desde o ano passado.Recorrer das multasContudo, há a possibilidade de recurso. Até a primeira quinzena de janeiro, os motoristas vão receber a notificação, estabelecendo prazos para recurso. Porém, Torres alerta que o Detran será rigoroso. Os casos com mais chances serão os de veículos que foram vendidos, mas não transferidos para o nome do novo dono. "Nesse caso, para nós, o proprietário é quem tem o veículo registrado no Detran; aí, pode valer o pedido de revisão da pena."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.