'Deus resolveu passar no Brasil e ficar', diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje "estar muito feliz" com a notícia de que a Petrobras descobriu mais petróleo hoje, entre São Paulo e mais ou menos Paraná a apenas 200 metros de profundidade. "Acho que, realmente, Deus resolveu passar no Brasil e ficar. Não foi embora", comemorou Lula, acrescentando que "isso é uma coisa importante para nós". Pouco antes de regressar ao Brasil, depois de dois dias de viagem ao Haiti e El Salvador, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou a decisão da Fitch Ratings de elevar a classificação de risco de crédito do Brasil de BB+ para BBB-, grau de investimento. "Também fico extremamente feliz quando recebo a notícia de que a segunda agência reconhece o Brasil com o investment grade", declarou o presidente. "No fundo, no fundo, estamos colhendo o que foi plantado pelo povo brasileiro. Acho que isso demonstra que quem trabalha com seriedade e muita objetividade termina vencendo e alcançando seus objetivos", completou ele.O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que já tomou a decisão de criar o Fundo Soberano, porque ele é "muito importante" por cumprir duas finalidades extraordinárias: "uma, que você tem uma reserva e outra, você tira dinheiro que poderia gastar no custeio e, num primeiro momento, pode até servir de superávit primário". Segundo o presidente, a decisão de criar o fundo soberano "é um sinal de que não brincaremos com a política fiscal porque nós não queremos retrocesso na economia brasileira e muito menos queremos que a inflação volte porque nós já sabemos como é essa música porque já vivemos muito tempo". Lula acentuou ainda que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, deveria ter anunciado a criação do fundo, nesta quinta-feira, o que não aconteceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.