Deutsche Bank aumenta lucro em 6,2% no segundo trimestre

Ganhos somaram US$ 1,16 bilhão; banco também revelou sua posição em dívida soberana europeia

Danielle Chaves, da Agência Estado,

27 de julho de 2010 | 09h04

O alemão Deutsche Bank anunciou que seu lucro líquido subiu 6,2% no segundo trimestre deste ano, para 1,16 bilhão de euros (US$ 1,51 bilhão), de 1,09 bilhão de euros (US$ 1,41 bilhão) no mesmo período do ano passado, ficando acima da previsão de 1,03 bilhão de euros dos analistas. O banco também revelou sua posição em dívida soberana europeia, o que não havia feito durante os testes de estresse realizados com bancos europeus. Às 9h05 (de Brasília), as ações do Deutsche subiam 4,10% em Frankfurt.

A receita da unidade de banco corporativo e de investimento, que responde à maior parte da receita do Deutsche, caiu para 4,7 bilhões de euros, de 5,3 bilhões de euros. As provisões contra empréstimos ruins diminuiu fortemente para 243 milhões de euros, de 1 bilhão de euros no segundo trimestre de 2009, sugerindo que o banco fez grande progresso na redução da sua exposição a ativos tóxicos, como investimentos no segmento subprime dos EUA.

O Deutsche afirmou que está no caminho certo para atingir sua meta de lucro antes de impostos de 10 bilhões de euros até 2011. A instituição também informou que sua proporção de capital Tier 1 era de 11,3% no fim do segundo trimestre.

Sobre suas posições em dívida soberana europeia, o Deutsche disse que possui 1,01 bilhão de euros em exposição à Espanha, 8,14 bilhões de euros em exposição à Itália e 1,09 bilhão de euros em exposição à Grécia. Os números ficaram em linha com as estimativas de analistas e operadores. As informações são da Dow Jones. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.