finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Deutsche Bank cria FIF atrelado ao euro

O Deutsche Bank Investimentos criou o Deutsche Euro, um Fundo FIF para acompanhar as variações da moeda européia. A aplicação tem taxa de administração de 1% ao ano e não cobra taxa de desempenho, mas exige depósito mínimo de R$ 50 mil. "Achamos que o fundo poderá ter ganho superior, pois conta com três fatores a favor: expectativa de desvalorização do Real frente ao dólar, do dólar comparado ao euro e no cupom cambial (diferença ganha entre a taxa de juros e o valor do dólar na compra da moeda estrangeira)", diz o gestor de Renda Variável do Deutsche Bank, Alexandre Vasarheryi.É mais uma opção para investidores, e se forem confirmadas as expectativas dos principais economistas mundiais, segundo Vasarheryi, o ganho pode chegar a 23% ao ano, considerando a somatória das três possibilidades de rendimento.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2001 | 07h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.