Deutshe eleva recomendação para títulos externos do Brasil

O Deutsche Bank elevou a sua recomendação para a dívida brasileira de neutra para overweight (acima da média do mercado). Embora tenha reduzido a sua exposição aos mercados emergentes em geral, colocando-a como "neutra", o banco alemão observa que os títulos externos brasileiros são os que apresentam a melhor perspectiva de valorização, uma oportunidade de compra para os investidores. "Após o recente alargamento dos spreads do Brasil, decidimos mover esse crédito novamente para uma recomendação overweight no nosso portfólio, pois consideramos a extensão do movimento de venda dos bônus brasileiros injustificável diante da melhora dos fundamentos do País e do ambiente político mais estável", afirmaram os estrategistas do Deutsche. "O equilíbrio no balanço de pagamentos, a aderência às metas fiscais e inflação declinante aliada a crescimento moderado mantêm uma perspectiva positiva para o Brasil." O banco também vê no mercado doméstico brasileiro o melhor potencial de alta entre os emergentes.Em relação aos mercados emergentes em geral, o Deutsche alerta cautela pois eles estão se ajustando às renovadas preocupações com a inflação nos Estados Unidos. Os títulos soberanos da Turquia e Filipinas foram colocados como "underweight" (abaixo da média do mercado).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.