Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Devedores do ICMS terão bens leiloados

Nos próximos três meses, a Secretaria da Fazenda do Estado espera arrecadar R$ 100 milhões com a realização de 40 mil leilões de bens penhorados em função de débitos de contribuintes em atraso com o pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os leilões terão início na próxima segunda-feira, às 13 horas, promovidos pelo setor de execuções fiscais do Poder Judiciário, na rua Vergueiro 587, bairro da Liberdade. Logo no primeiro dia serão ofertados 579 lotes de mercadoria, abrangendo máquinas industriais, equipamento de escritório, informática além de instrumentos diversos. Qualquer pessoa poderá participar dos leilões. Ao arrematante será exigido o depósito do valor do lance em cheque ou dinheiro. O procurador do estado Clayton Eduardo Prado, chefe da Procuradoria Fiscal, informou que o contribuinte que não quiser ter seus bens leiloados ainda tem tempo para acertar as contas com o fisco estadual e evitar a execução. Para isso deve procurar o setor de atendimento, no andar térreo da Secretaria da Fazenda, na Avenida Rangel Pestana 300 e solicitar o cálculo do débito e a emissão da guia de recolhimento que poderá ser paga nos postos do Banespa e Nossa Caixa. O atendimento é das 10 às 16 horas.

Agencia Estado,

15 de maio de 2003 | 15h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.