Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Dez bancos rateiam ajuda de R$ 11,2 bi a distribuidoras

Ao todo 10 bancos participam do empréstimo de socorro às distribuidoras de energia de R$ 11,2 bilhões à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE): Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil, Santander, Crédit Suisse, BTG, Caixa, Citi, Bank of América Merrill Lynch e JPMorgan. A informação é do presidente da CCEE, Luiz Eduardo Barata, em reunião com os bancos, em São Paulo. A participação de cada instituição ainda não foi informada.

LUCIANA COLLET E CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

25 de abril de 2014 | 11h29

Barata lembrou que o setor vive um momento difícil, em que as distribuidoras estão expostas em mais de 3 mil MW. Os recursos tomados pela CCEE serão repassados às distribuidoras para custear o gasto maior da energia provocado pelo acionamento das usinas termelétricas. "Estamos tranquilos, (o empréstimo) vai trazer bons resultados para o setor de energia e para o País", afirmou.

Como o Broadcast, serviço de informações da Agência Estado, havia publicado no dia 17 de abril, segundo fontes, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil emprestarão cada um R$ 2,5 bilhões à CCEE, enquanto o Bradesco e o Itaú, R$ 2 bilhões cada um. O Santander participará com R$ 1 bilhão, o Citi, com R$ 500 milhões, o BTG, com R$ 400 milhões e o JPMorgan, com R$ 100 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.