Dez milhões ainda não entregaram o IR

Receita contabilizou a entrada de 14,2 milhões de declarações até o fim da tarde de ontem; prazo para prestação de contas termina sexta-feira

Roberta Scrivano, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2011 | 00h00

A Receita Federal recebeu até as 18 horas de ontem 14,26 milhões de declarações de Imposto de Renda Pessoa Física. O volume representa 59,1% dos 24 milhões de documentos que o Fisco espera receber até sexta-feira, 29 de abril, fim do prazo para a prestação de contas com o Leão.

Segundo a assessoria de imprensa da Receita, o fluxo de entrega das declarações "está praticamente idêntico ao do ano passado." Apenas durante o feriado da Semana Santa a velocidade da prestação de contas foi menor que o normal (1,32 milhão de declarações entregues entre quinta-feira e domingo).

Samir Choaib, tributarista do escritório Choaib, Paiva e Justo, diz que o contribuinte que deixou para entregar a declaração na reta final deve ter atenção redobrada para que a pressa não atrapalhe o preenchimento do documento.

A Receita também alerta para o risco de haver congestionamento no sistema de recebimento das declarações no último dia da entrega. "Quanto antes fizer, melhor", reforça o tributarista.

A partir deste ano só são aceitas declarações preenchidas eletronicamente. A entrega, porém, pode ser online (por meio do programa específico para envio) ou em um pen drive nas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica. Está isento da declaração quem obteve rendimentos tributáveis de até R$ 22.487,25 durante 2010.

Choaib reforça que o contribuinte que perder o prazo de entrega pagará a multa mínima de R$ 165,74, ou a máxima, de 20% do imposto devido.

Ele também indica que o contribuinte, depois de preencher a declaração, cheque com qual modelo (simplificado ou completo) ele tem melhor restituição. A checagem é simples e feita pelo próprio programa da Receita, diz o tributarista. "É só verificar no canto inferior esquerdo da tela do programa qual é mais vantajoso e clicar", recomenda.

Auxílio gratuito. Diversas universidades dão auxílio gratuito (ou em troca de um quilo de alimento) à população no preenchimento da declaração do Imposto de Renda.

A Fecap (Av.. Liberdade, 532), por exemplo, vai prestar o serviço até o fim da tarde de amanhã. A Unicid (Rua Cesário Galeno, 475) deixará o esclarecimento à disposição até as 17 horas de quinta-feira.

As unidades de Santo Amaro, Vila Maria, Vergueiro e Memorial da Uninove também prestarão o serviço até o dia 28. Neste caso, porém, é necessário agendamento prévio pelos telefones: 3665-9784 e 2633-9062. /COM AGÊNCIA ESTADO

Serviço

NA RETA FINAL PARA A ENTREGA DA DECLARAÇÃO DE IR, O PORTAL ESTADÃO.COM.BR SELECIONOU AS 50 DÚVIDAS MAIS FREQUENTES SOBRE O TEMA E AS ESCLARECEU ONLINE.

ENDEREÇO: http://economia.estadao.com.br/especiais/50-duvidas-basicas-sobre-o-imposto-de-renda-2011,136210.htm

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.