Dia dos Pais anima comércio

A persistência do frio somada às liquidações de fim de estação no comércio devem ajudar o movimento de vendas do Dia dos Pais entre hoje e amanhã. A expectativa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) é que as vendas aumentem de 5% a 10% em relação ao ano passado."Qualquer resultado nesta faixa é muito bom porque a base de comparação, agosto passado, é forte, pois na época a economia estava em recuperação", diz o economista Emílio Alfieri, da ACSP. "Um resultado perto de 10% é compatível com o crescimento de 3,5% a 4% do Produto Interno Bruto (PIB) esperado para este ano", afirma.Inflação impede crescimento maior de vendasEle descarta números mais altos porque os aumentos dos combustíveis, gás, energia elétrica e telefone começam a pesar no bolso dos consumidores. Os shoppings têm expectativas de vendas diferenciadas e os mais otimistas chegam a prever crescimento de até 20% em relação ao Dia dos Pais do ano anterior.É o caso do Morumbi, que investiu R$ 500 mil em campanha publicitária, mais do que o dobro de anos anteriores. O Center Norte, que antecipou em 24 dias o período promocional de sorteio de um carro para o Dia dos Pais, espera um aumento de vendas de 15% . O Iguatemi e o Interlagos esperam crescimento de 12% em comparação ao ano passado. Crescimento do crédito"Além do inverno mais frio do que nos últimos anos e das promoções, os juros mais baixos este ano têm ajudado nas vendas a prazo", diz o presidente da Associação dos Lojistas de Shopping (Alshop), Nabil Sahyoun. Pela soma desses motivos, ele calcula que os shoppings devem faturar com o Dia dos Pais entre 7% e 9% a mais do que o mesmo período em 99.Este ano, segundo Sahyoun, a decisão do governo de suspender por 15 dias a emissão de novas licenças para sorteios de prêmios surpreendeu vários shoppings que tiveram de ser criativos e alterar suas campanhas de Dia dos Pais. "Muitos em vez de sorteios estão fazendo concursos porque não conseguiram autorização em tempo hábil para sorteios", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.