bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Dicas de viagem para evitar embaraços

Estar munido de algumas informações básicas ao preparar uma viagem, seja ela para onde for, ajuda a evitar certos constrangimentos. Ainda mais se o destino for um país estrangeiro. Por isso, ter um conhecimento mínimo de hábitos e costumes, do idioma e do lugar em si pode ajudar a minimizar o choque cultural e acelerar o período de adaptação.Também não se pode esquecer de providenciar a documentação com a antecedência devida. É preciso uma preparação básica, como tirar passaporte, andar com a cópia do documento, o procedimento com a passagem, como se comportar na alfândega, as leis locais e informações básicas como temperatura, fuso horário, medidas, ligações internacionais etc. Abaixo você pode ver algumas dicas selecionadas pela Agência Estado para o viajante. Também pode acessar uma relação de situações embaraçosas que trazem inconvenientes se o viajante não se precaver e não planejar sua viagem no site da CI: www.cintercambio.com.br, além de outras informações. Confira abaixo:- programe seu roteiro e obtenha o maior número possível de informações sobre as cidades que pretende visitar, bem como sobre as opções de hospedagem, passeios e transporte;- um bom guia de viagem é essencial para o planejamento e no decorrer da viagem, permitindo optar por alternativas melhores e mais econômicas;- programe cuidadosamente seu itinerário de vôo antes de solicitar a emissão da passagem;- alguns sites podem auxiliar a consultar temperatura, fuso horário, geografia etc; - na bagagem, só o necessário. Evite excesso de peso e volumes grandes;- você também pode conseguir informações em consulados e escritórios de turismo, onde pode pegar folders que podem ajudar na viagem;- se estiver fazendo intercâmbio ou curso e estiver hospedado em casa de família leve algumas lembranças como livros, camisetas com bandeira do Brasil, pins, artesanato nacional etc. Isto ajudará a tornar sua permanência mais agradável e servirá como presente para os amigos que deixar; - faça um e-mail gratuito para ler suas mensagens em qualquer computador, onde estiver;- o passaporte é o único documento válido no exterior. Por isso, verifique o prazo de validade. Se estiver vencido ou ter validade menor que seis meses até o regresso ao Brasil, você deve renová-lo com pelo menos um mês de antecedência;- não se esqueça de manter em seu poder cópias da página da foto e dos vistos do seu passaporte, do número de seu cartão de crédito e do documento de seguro dos cheques de viagem, em caso de perda ou roubo; - havendo problemas com o passaporte, procure imediatamente o Consulado Brasileiro mais próximo;- se for estudar no exterior, não se esqueça de levar também o original e a cópia do documento que comprova sua matrícula na escola, mas só os apresente na imigração se seu visto for de estudante;- verifique a necessidade de visto de turista, de estudante ou de estágio e trabalho. Faça isso com antecedência. Há países que demoram até 3 meses para conceder o visto, principalmente no período de férias escolares; - antes de viajar, adquira um plano internacional de assistência médica e odontológica, conferindo detalhadamente preços e cobertura;- não esqueça os medicamentos que está habituado a tomar e leve a quantidade necessária para a viagem. Leve também alguns medicamentos como antiinflamatórios, remédios contra enjôo, analgésicos e antigripais;- certos países da América Latina, África e Ásia exigem certificados de vacinação contra febre amarela, cólera ou malária. Confira junto ao consulado do país a ser visitado se alguma vacinação é necessária. Em caso positivo, você deverá tomar a vacina de 7 a 10 dias antes da data de embarque. Não deixe para tomar as vacinas fora do Brasil, pois você pode ter reações alérgicas ou até ter a entrada no país recusada;- as carteiras de estudante ISIC, de professor ITIC, para menores de 25 anos GO25 e de alberguista IYHC são válidas por um ano e garantem descontos em passagens aéreas, acomodação, refeições e são aceitas em muitos estabelecimentos no exterior como atrações culturais e transporte. Antes de fazer uma destas carteiras, verifique se vale a pena;- cheques de viagem (traveler checks) são uma boa opção para viagens ao exterior porque têm seguro contra perda ou roubo e a reposição é rápida; - se você for comprar papel-moeda, também vale o câmbio turismo como para os travelers. Mas nem todos os bancos no Brasil vendem moeda estrangeira e muitos só vendem mediante apresentação de CPF, RG e passagem aérea;- evite o câmbio paralelo, que traz muitos riscos, principalmente o de falsificação das notas; prefira sempre bancos e casas de câmbio idôneas e verifique sempre a autenticidade do dinheiro;- leia com atenção seu bilhete aéreo e confira datas, horários, conexões, trocas de aeroportos ou de companhias aéreas. Verifique também se o seu bilhete é reembolsável em caso de não utilização; - verifique ainda a validade exata do seu bilhete e se existe alguma multa para alteração de data ou qualquer outra mudança;- leia atentamente todos os comprovantes de pagamento da parte terrestre como hotéis, locação de veículos, cursos de idiomas, city tours etc. Confira os serviços que estão realmente pagos e incluídos; - nos vôos para Europa e América do Sul, o limite de bagagem por passageiro é de 20 quilos, independente do número de peças. Nos vôos para América do Norte e Oriente (via Estados Unidos) são permitidos dois volumes de até 32 kg cada;- evite levar bagagem de mão fora do padrão permitido. Deve pesar até 5 kg e a soma de comprimento e largura não deve exceder 115 cm; - não esqueça de identificar todas as suas malas com endereço completo e telefone interna e externamente e não despache sua mala com identificações de outras companhias aéreas de viagens anteriores; - objetos de valor, documentos, cartões e dinheiro devem ser carregados por baixo de suas roupas em uma bolsinha;- procure apresentar-se com no mínimo duas horas de antecedência no aeroporto para fazer a apresentação no balcão da companhia aérea e despachar a bagagem;- consulte o escritório da Receita Federal no aeroporto sobre o registro de equipamentos importados que saem do país. Máquinas fotográficas, filmadoras, laptops e aparelhos de som de grande porte devem ser registrados para evitar problemas como cobrança de impostos na volta; - um documento muito importante é a sua carteira de motorista, caso seja maior de 18 anos. Em alguns países, é necessário ter 24 anos. A carteira de habilitação nacional tem validade de apenas seis meses no exterior;- fique atento aos limites máximos para compras nos Duty Free Shops do exterior e Brasil, caso contrário terá suas mercadorias apreendidas;- jamais compre algo sem exigir a nota fiscal, facilitando sua passagem na alfândega na volta;- informe-se junto às operadoras de telefonia internacional (Embratel, Intelig e Telefônica) sobre promoções e números para chamada via telefonista em português para o Brasil. Atualmente, as três empresas estão com promoções nas ligações para os países que estão participando das fases finas da Copa do Mundo.Veja nas matérias do link abaixo cursos de inglês e outros idiomas no exterior, assim como conselhos de especialistas para aproveitar melhor o aprendizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.