Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Dieese: desemprego em SP cai a 10,7% em novembro

A taxa de desemprego na Região Metropolitana de São Paulo recuou 0,2 ponto porcentual para 10,7% da População Economicamente Ativa (PEA) em novembro, comparativamente à taxa de 10,9% em outubro, informa pesquisa Seade/Dieese divulgada hoje. Este resultado refletiu relativa estabilidade da taxa de desemprego aberto de 8,4% para 8,1% e o oculto de 2,5% para 2,6%, na mesma comparação.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

22 de dezembro de 2010 | 10h18

Em novembro o total de desempregados na RMSP foi estimado em 1,150 milhão de pessoas, 24 mil a menos do que no mês anterior. O nível de ocupação permaneceu estável. Em outubro, havia crescido 1,3%. O total de ocupados no mês passado foi estimado pelo Seade/Dieese em 9,595 milhões de pessoas. O setor de serviços gerou 39 mil postos de trabalho, a indústria criou 19 mil, o comércio gerou mais 19 mil empregos e em outros setores foram criados 38 mil postos de trabalho em novembro.

O rendimento médio real dos trabalhadores na RMSP cresceu 4,1% entre os ocupados e 3,5% entre os assalariados em outubro, informou a pesquisa Seade/Dieese. O rendimento médio real passou a equivaler R$ 1.524,00 para os ocupados e R$ 1.532,00 para os assalariados. A massa de salários aumentou 5,6% em outubro e a dos assalariados ampliou em 6,2%. Em ambos os casos, de acordo com os técnicos, os aumentos se deram como resultado da elevação do rendimento médio e, em menor medida, do nível de ocupação.

Tudo o que sabemos sobre:
desempregorendasaláriosSeadeDieese

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.