Dieese: indústria puxou queda do desemprego em SP

A redução da taxa de desemprego na Região Metropolitana de São Paulo em dezembro de 2010 foi puxada pelo desempenho da indústria, que criou 36 mil novas vagas, segundo afirmou o coordenador da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), Alexandre Loloian. O estudo realizado pela Fundação Seade e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostrou que a taxa de desemprego na região caiu para 10,1% no mês passado, ante 10,7% em novembro.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

27 de janeiro de 2011 | 11h38

Na comparação com dezembro de 2009, a indústria criou 89 mil novos empregos no mês passado. De acordo com Loloian, o desempenho da indústria paulista em dezembro foi fundamental para o queda da taxa de desemprego da região porque, no decorrer de 2010, a contratação desse setor ficou praticamente estável.

O comércio criou 14 mil novos empregos em dezembro do ano passado em comparação com novembro, mas no confronto com dezembro de 2009, foram fechadas 14 mil vagas. Já o setor de serviços abriu 38 mil novas vagas em dezembro em relação a novembro, e 315 mil postos em relação a dezembro de 2009. Outros setores geraram 3 mil vagas em dezembro ante novembro, mas fecharam 57 mil vagas na comparação com dezembro de 2009.

Outro destaque da pesquisa é o crescimento de 1,8% na contratação de empregados com carteira assinada em dezembro na comparação com novembro, e de 6,9% ante dezembro de 2009. Os empregos sem carteira assinada cresceram 3,6% na comparação com novembro e caíram 0,7% ante dezembro de 2009. De Acordo com Loloian, o aumento das contratações sem carteira assinada em dezembro, na comparação mensal, não é preocupante porque, nesse período, é comum o aumento da contratação de trabalhadores temporários.

Tudo o que sabemos sobre:
desempregoDieeseindústriaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.