Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Dieese prevê ICV de 0,47% em abril, igual ao de março

A coordenadora do Índice do Custo de Vida (ICV), Cornélia Nogueira Porto, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese), espera para abril a mesma taxa de inflação, de 0,47%, apurada em março na cidade de São Paulo. Ela diz não enxergar para abril nenhuma pressão além das verificadas em março sobre a taxa de inflação no município.De acordo com Cornélia, aumentos mais relevantes nos índices de preço ao consumidor deverão ocorrer apenas entre os meses de junho e julho em decorrência dos reajustes das tarifas públicas, como telefonia, energia elétrica e, eventualmente, água e esgoto. Sobre a tarifa de ônibus, ela diz ainda não ter certeza se haverá ou não aumento por causa das eleições municipais. Estudos feitos pela Fipe apontam que em anos de eleição não há alta do preço da tarifa de ônibus na cidade de São Paulo. Quanto aos aumentos represados no atacado e dos reajustes no mês passado, em torno de 5% na tabela de carros novos, que ainda não chegaram no varejo, Cornélia afirma que não vê possibilidade de concretização desses repasses. Na avaliação dela, a fraca demanda interna não sancionará o aumento no varejo.

Agencia Estado,

05 de abril de 2004 | 12h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.