coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Diferença dos preços da cesta básica cai 10,84% em SP

A diferença dos preços da cesta básica calculada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) entre as regiões mais cara e mais barata do município de São Paulo caiu para 10,84% em maio. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pelo o coordenador do Índice de Preços a Consumidor da instituição (IPC-Fipe), Paulo Picchetti, durante entrevista coletiva.No mês passado, o custo médio dos 54 produtos coletados pela fundação era de R$ 184,36 na periferia da zona leste da cidade. Já os estabelecimentos situados na zona sul na região mais próxima ao centro vendiam os mesmos itens a R$ 202,95, em média. A diferença entre as duas regiões da cidade é grande, mas já foi maior no inicio do ano. Em janeiro, era de 12,82%; em fevereiro, de 12,13%; em março, 11,72%; e em abril, de 11,61%.Na zona sul mais próxima da região periférica da cidade, os 54 itens foram encontrados pelos pesquisadores da Fipe por um custo médio de R$ 187,26. Na zona oeste, por R$ 198,19. Na zona norte, por R$ 193,89, e na zona leste próximo ao centro, por R$ 192,93. A média dos preços da cesta em todas as regiões, em maio, ficou em R$ 193,29. Em abril, era de R$ 195,34 e, em março, de R$ 196,41.Esta queda vem ocorrendo, de acordo com Picchetti, porque a maior parte dos itens que compõem a cesta é formada por produtos alimentícios, cujos preços vêm mostrando baixa desde o início de 2006.

Agencia Estado,

05 de junho de 2006 | 15h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.