Dilma afirma que PAC garante PIB crescente

Projetos previstos no PAC são de obras que tiveram maturação em 2007 e, por isso, deslancharão em 2008

Renata Veríssimo, da Agência Estado,

13 de março de 2008 | 10h14

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou nesta quinta-feira, 13, que o Programa de Aceleração do Acrescimento (PAC) "é uma garantia de PIB (Produto Interno Bruto) crescente". Segundo ela, os projetos previstos no PAC são de obras que tiveram maturação em 2007 e, por isso, deslancharão em 2008, impulsionando o crescimento da economia este ano. A ministra disse acreditar que "o País vai crescer bem em 2008." Veja também:Economia brasileira cresce 5,4% em 2007'Estamos acelerando crescimento sem inflação', diz MantegaA medida do crescimento do País  "O PAC funciona como uma vacina para a crise internacional", disse a ministra, após participar de debate econômico promovido pela revista americana "The Economist" com autoridades do governo brasileiro, em um hotel de Brasília.Dilma lembrou que o PAC prevê obras de saneamento em todos os Estados brasileiros e a construção de gasodutos em todas as regiões do País. Ela afirmou também que o setor de construção civil deve garantir a sustentação do crescimento econômico.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaPACPIBCrescimento da economia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.