Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Dilma defende construção de biorrefinarias

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse, durante aula inaugural do curso de pós-graduação em agroenergia da Fundação Getúlio Vargas, que, apesar de o Brasil ser o líder mundial em energia renovável de primeira geração, tendo o etanol como principal produto, o País precisa se preparar para preservar essa liderança também na segunda geração.Para isso, segundo ela, são necessárias iniciativas como a do curso da FGV - em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e com a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP)- e também mais investimentos em agrobiotecnologia. A ministra disse que para o Brasil continuar dominando este setor é preciso construir biorrefinarias. Segundo a ministra, o zoneamento agroecológico que está sendo feito pela Embrapa deverá ser concluído em junho de 2008. O zoneamento é fundamental para disciplinar a expansão da cana-de-açúcar e assegurar o respeito internacional. Ela cobrou dos empresários presentes ao evento maior participação nos leilões de energia, "já que a demanda do setor por leilões apenas de energia de biomassa foi atendida". A ministra usou toda a primeira parte de sua apresentação para elogiar, segundo ela, o arquiteto do curso da FGV, o ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. "Rodrigues é o responsável pela agroenergia ter tomado as proporções que ganhou no governo Lula, possibilitando a parceria efetiva entre todos os ministérios", disse. Segundo ela, "Roberto está sempre construindo, colocando um tijolo a mais,um desafio a mais".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.