finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Dilma diz que retomada do crescimento passa por ajuste nas contas públicas

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira que a retomada do crescimento econômico do país passa pelo ajuste nas contas públicas e que esse ajuste será feito com o menor sacrifício possível para os mais pobres.

REUTERS

01 de janeiro de 2015 | 16h05

Em seu discurso de posse do segundo mandato presidencial, no Congresso Nacional, Dilma prometeu defender a estabilidade e a credibilidade da economia. A presidente prometeu manter a política de valorização do salário mínimo e a inflação abaixo do teto da meta estipulada, que é de, no máximo, 6,5 por cento ao ano.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Nestor Rebelo)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICADILMAPOSSEECONOMIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.